Bem-vindo ao site !

The Walking Dead 5.09 "What happened and what's going on"

By 12.2.15



No último domingo, The Walking Dead saiu do hiatus, para a alegria dos fãs da série. Como me incluo nesse grupo e o episódio 9 me chocou decidi falar um pouco sobre ele. (Contém spoilers)
"What happened and what's going on" foi um episódio aguardado pelos fãs. Robert Kirkman, o criador da franquia de zumbis que hoje bota pra quebrar pelo mundo, disse que seria um episódio que as pessoas iriam "amar ou odiar." Infelizmente, eu fiquei mais com o povo que não gostou.
O episódio mal começou e eu já pensei "é hoje que o Tyreese morre." Deram um pouco mais de profundidade ao personagem, com ele falando sobre sua infância; então o grupo chega ao antigo lar do Noah (que eu não consigo parar de chamar de Chris) e lá acontecem algumas coisas bem interessantes.
A parte que eu não gostei foi a morte do Tyreese. Não direi que foi "boba," mesmo que tenha sido, por respeito ao Tyreese. Seria possível sim alguém morrer por causa de um único zumbi, após um movimento descuidado. Mas que foi triste de assistir foi, porque ainda lembro de como o Ty foi pra cima daquela horda de centenas de mortos-vivos como se não se importasse com o amanhã. E ele sobreviveu àquilo.
O ator já tinha sido confirmado como personagem principal de uma outra série, então os mais informados já estavam esperando sua morte. Talvez porque aconteceu com o Ty uma coisa que me irrita nos personagens de TWD, que no geral são muito bons, se desenvolvem bastante, e então param. É como se os escritores não soubessem mais o que fazer com eles. Então eles são jogados de lado, ficam escondidos no clichê ou são mortos.
As alucinações do Tyreese foram muito bem feitas, trouxeram Mika e Lizzie, Bob, Beth e até o Governador para dar ao fim do Tyreese algum significado, mas eu queria vê-las daqui a umas duas temporadas, jamais agora. A que mais doeu foi a do Bob, dizendo ao Tyreese: "Era assim que tinha que ser. Era assim que ia ser de qualquer jeito." No fundo, eu sabia que não era pra ser daquele jeito.
O Tyreese dos quadrinhos é o braço direito do Rick, mais ou menos o que o Daryl é agora. Mas ele era mais machão. Não me importaria de que ele fosse mais carinhoso e emocional, como foi na série. Infelizmente, o Ty da série se mostrou inapto para o apocalipse, para ajudar seu grupo.
Não posso deixar de falar do ponto alto do episódio (que no geral foi bem morno e arrastado): os zumbis marcados, a mensagem no muro ("Os lobos não estão longe") e os zumbis cortados ao meio. Isso me deixou animada para o que está por vir na série. Novos vilões, Washington, novas personagens. Só menos mortes, por favor, Kirkman! Perdemos Beth e Tyreese um atrás do outro, né!

por Letícia

Você Também Pode Gostar

0 comentários